Sem fogão e geladeira, preservando a Energia Vital!
 
Ambiente:
Escolha o espaço da CRUZINHA num local arejado e ensolarado. A Cruzinha Viva ganha beleza, interesse por estimular a curiosidade e a pesquisa. Organize-a de modo que seja o espaço mais brilhante da casa! Que seja com poucos objetos, privilegiando os vegetais coloridos no local.
Brotário com sementes germinadas próximo a água em local sombreado – Brotos de terra expostos ao sol – Sementes secas guardadas na sombra;
Desidratador solar, meia sombra.
 
Utensílios:
  • Escolha panelas com menor interferência nos alimentos. Exemplo: panela de barro, de vidro, de pedra, de inox ou esmaltadas. As panelas de alumínio ou com revestimento sintético liberam substâncias para o alimento;
  • Evite as vasilhas de plástico (especialmente coloridas), pois liberam toxinas ao alimento. Crie com as folhas usando-as como travessas;
  • Coadores e panos de voal ou de tela esportiva ajudam em muitas receitas (panelas furadas da designer Ana Freitas);
  • Filtro de barro para guardar sua água (preferência da fonte)!
 
Fogão:
Embora não seja fundamental na culinária viva, não jogue fora o seu fogão, pois pode servir para “amornar” suas preparações! Mas se preferir pode utilizar um aquecedor elétrico e eliminar mais um grande objeto em seu espaço de cozinha!
 
Processadores:
  • Uma boa faca é fundamental! Outros cortadores também...
  • Liquidificador e processador: embora o trabalho com as mãos ofereçam a maior oportunidade de contato com a energia vital dos alimentos, esses aparelhos são de grande utilidade na culinária viva diária! Com eles conseguimos processar as sementes e obter as receitas “convencionais” atendendo o paladar afetivo. No mercado brasileiro existem aparelhos “dois em um”, ou seja, a mesma base (motor) acompanha os dois copos: liquidificador e o processador que corta sem adição de líquidos.
O liquidificador, acompanhado do processador (para as receitas que não adicionam líquidos) amplia as possibilidades de receitas.
Cuide bem deles!
 
Conservação dos alimentos:
  • Legumes e hortaliças com talos dentro d’ água mantém a vitalidade e reduz os agrotóxicos (com carvão ou grama de trigo) (exceto tubérculos secos, como batatas, inhame, alho, cebola, gengibre);
  • As refeições vivas devem ser consumidas logo após o preparo. Guardar  as comidas preparadas em geladeira ou deixar os legumes cortados previamente, faz com que percam a energia vital, fonte primeira de nossa alimentação.
 
Compras:
  • Prefira os produtos orgânicos que conservam a energia vital e observem o talo fresco, sinal de que foram colhidos recentemente;
  • Faça o teste de germinação da semente antes de comprar;
  • Evite comprar em grandes quantidades qualquer alimento. Mais energia vital menos armazenamento!
  • As sementes embaladas do Tipo 1 já vêm selecionadas e facilitam o processo. Observem a embalagem;
  • Fique atendo se puder comprar as “sementes crioulas”, sem manipulações genéticas, de melhor qualidade e informação;
  • Atenção quando comprar canela em pó: algumas vêm com açúcar e por isso não é interessante!
  • Leia a embalagem do shoyu e missô antes de comprar, pois os ingredientes devem ser naturais (arroz,cevada, milho etc), sem conservantes, corantes e outros aditivos químicos.
 
Temperos:
Dizem que o segredo de uma boa comida é o tempero, mas com isso nos afastamos do paladar original dos vegetais, tão variado e interessante! Mas decidimos que em nossos encontros pesquisaremos uma culinária que se assemelhe aquela conhecida por todos para facilitar o processo de mudança. Com isso atendemos a nossa "memória afetiva" tão importante quanto todo o resto desta história! Mas se você já não faz uso de temperos, permaneça como está, pois essa é a nossa meta!
  • Limão: fresco e carregado de energia vital substitui o vinagre. Funciona como antioxidante preservando os alimentos cortados.
  • Ervas aromáticas: escolha temperos frescos com vitalidade. É sempre muito interessante agregar as ervas em nossa pesquisa de paladares! Explore a salvia, alecrim, manjerona, basilicão, salsa, cebolinha, coentro, manjericão e muitas outras...
  • Azeite: escolha o prensado a frio (extra-virgem) que ainda carrega a vitalidade da oliva pois é feito com azeitonas frescas e sem aquecimento.
  • Os shoyu e missô são alimentos fermentados por lactobacilos acidófilos e por isso estão vivos! São produzidos com sementes de milho, soja,cevada e arroz. Substitui o sal.
*Evite o sal. Se comprar, escolha o sal grosso e moa no liquidificador antes de usar. O “sal marinho” é outra opção, pois tem menor adição de produtos químicos no processo de refinação;
 
Criatividade:
Crie receitas simples com poucos ingredientes e descubra a imensa variedade de sabores;
 
Use as mãos na preparação. Cheire e prove seu alimento!
 
Lembre-se:
  • a CRUZINHA VIVA é um laboratório! Investigue seu alimento e aprenda sobre a vida! Lembre-se que a palavra SABOR tem a mesma origem de SABER.
  • Dedique tempo e convide amigos para juntos preparar uma refeição. O encontro humano é outra fonte de ENERGIA VITAL!
  • Observe a faixa de vitalidade abaixo e organize sua alimentação com o máximo de energia vital!
 
Planejamento:
  • Organize seu cardápio de um dia completo mantendo os brotos e as sementes germinadas de cereais alternadas com as leguminosas, variando sempre os legumes e hortaliças;
  • Durante o dia é importante que desenvolva as receitas completas: Sucos + saladas com brotos + legumes/frutas com sementes germinadas + fermentados + desidratados, acompanhando a combinação dos alimentos;
  • Conheça o mundo os vegetais! Varie sempre seu cardápio;
  • Faça compostagem com os resíduos, produza sua própria terra e reabasteça a bandeja de terra para os brotos; 

Capítulo 5: Dicas da Culinária Viva

A culinária da Alimentação Viva é bastante variada exatamente na proporção da variedade de frutas, legumes, verduras e sementes comestíveis pelo ser humano que se apresentam na natureza!
Ampliando nosso conhecimento sobre os vegetais, seus aromas, sabores, cores e texturas, entramos num universo incontável de experiências possíveis!
Nosso objetivo aqui é apresentar as "Dicas culinárias" que fomos aprendendo durante as oficinas.
 
Confiram!
 
 

Alimentação Viva e Agroecologia na Promoção da Saúde

Terrapia Saúde e Ambiente

Alimentação Viva

e Agroecologia na Promoção da Saúde

Telefone: 55 21 2598-2659

terrapia.terrapia@gmail.com

Instagram: projeto_terrapia

FIOCRUZ: Av. Brasil, 4365 ou Av. Leopoldo Bulhões, 1480 - Manguinhos.

Rio de Janeiro - RJ

Cadastre seu e-mail e receba novidades sobre Alimentação Viva!

  • Facebook Social Icon
Copyright© 2015 TERRAPIA