Painço ou Milho Alvo

Glycine max | Inglês: soya bean

FAMíLIA: Fabaceae
 
ORIGEM: Originária da China, hoje a semente cultivada no planeta é muito diferente daquela que lhe deu origem, uma espécie de planta rasteira que se desenvolvia na costa. Modificou-se com o cruzamento natural entre duas espécies selvagem que depois foram domesticadas e melhoradas por cientistas da antiga China.

HISTÓRIA: A soja foi domesticada entre os séculos 17 e 11 aC. Posteriormente foi introduzida no Japão, Indonésia, Filipinas, Vietnam, Tailândia, Malásia, Nepal e Índia. Em 2853 aC, o imperador Sheng-Nung da China classificou-a como sagrada junto com outras plantas: Soja, Arroz, Trigo, Cevada  e Painço.
Foi considerada sagrada pelo seu uso como alimento e também pela qualidade de recuperação do solo (fixação de nitrogênio). Na época da semeadura e da colheita faziam cerimoniais ritualísticas. Foi introduzida na Europa no inicio dos anos de 1700 e nos EUA em 1765. Até 1910 esta semente era importante para consumo humano somente nos países asiáticos. Depois que foi considerada um “produto industrial” entrou na alimentação ocidental. Nunca comemos soja antes!!!
Foi os EUA que iniciou a exploração comercial da semente para alimentação humana e divulgou seu cultivo. A soja chegou ao Brasil como cultura forrageira para consumo de animais. Depois de 1941, a área cultivada para sementes superou a cultivada para forragem. Ambientalistas do Greenpeace e do WWF vem apontando como o principal cultivo responsável pelo desmatamento da Amazônia no Brasil e que a desertificação do Cerrado é resultado também da produção de soja em alta escala.

CURIOSIDADES: Sementes de vários tamanhos e cores: preta,marrom, azul,amarela e bege, a soja é um exemplo de uma cultura de mídia! Apesar do conhecimento milenar sobre seu consumo somente sob a forma fermentada, a indústria da soja ignorou esse conhecimento produzindo estudos que sabemos limitados pela própria metodologia, introduzindo a “grande descoberta da soja” como uma panacéia! No oriente a soja é utilizada especialmente para a produção do molho de soja (shoyu), tempeh (pasta fermentada, semelhante ao tofu), natto (sementes inteiras fermentadas) e missô. Os orientais nos ensinaram que o processo da fermentação ou germinação da semente, reduz a quantidade de substâncias qualificadas como tóxicas e outras de difícil digestão, presentes na semente in natura, que são quebradas durante esses processos.
A soja é uma das chamadas "biotech food", sementes que foram geneticamente modificadas em 1995 pela Monsanto que, finalmente dominou o mercado produtor. A soja do tipo "Roundup Ready" (RR), transgênica, tem em sua composição genética parte do gene de uma bactéria.
Em 2006 89% da soja cultivada para o comércio nos EUA foram geneticamente modificadas. No Brasil acredita-se que a proporção seja a mesma.
Na Alimentação Viva a SOJA FERMENTADA, como orientam os orientais, é de fácil digestão!
Por isso costumamos dizer que comer soja é a pós graduação na alimentação viva. É preciso saber preparar bem o Rejuvelac  (lactobacilos vivos) para depois fermentá-la. (Busque em receitas básicas).

COMPRAS: Não é fácil encontrar sementes novas com germinação 100%. Procurem as casas de produtos naturais ou especializadas de maior saída. Em alguns supermercados conseguimos comprá-las também. É relativamente frequente encontrar as orgânicas que são cultivadas no Brasil. Façam o teste da germinação antes de comprar grandes quantidades.

GERMINAÇÃO: Germinam muito fácil e rápido no Ar!

TOFU VIVO
1ª fase: germinação de 2 xícaras de sementes de soja.
2ª fase: Descasque e processe com 2 copos de Rejuvelac (veja como fazer nas receitas básicas no site). Coloque num coador de voal e deixe suspenso pelo elástico com uma vasilha embaixo para receber o excesso do Rejuvelac entre 16 e 24h.
3ª fase: Retirar a massa fermentada com delicadeza pois estará numa consistência de musse, aerada. Tempere com ervas aromáticas variadas, pouco sal e gotas de limão.
Acompanhe com pão dos essênios e salada, por exemplo!
Uma delícia!
 

Capítulo 4: Conhecendo as Sementes

Alimentação Viva e Agroecologia na Promoção da Saúde

Terrapia Saúde e Ambiente

Alimentação Viva

e Agroecologia na Promoção da Saúde

Telefone: 55 21 2598-2659

terrapia.terrapia@gmail.com

Instagram: projeto_terrapia

FIOCRUZ: Av. Brasil, 4365 ou Av. Leopoldo Bulhões, 1480 - Manguinhos.

Rio de Janeiro - RJ

Cadastre seu e-mail e receba novidades sobre Alimentação Viva!

  • Facebook Social Icon
Copyright© 2015 TERRAPIA